Blog das aulas de dança contemporânea do Núcleo de Formação da Anti Status Quo Companhia de Dança

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Amanhã, Sexta-feira, dia 19 de fevereiro é abertura da IV Mostra de Dança XYZ! Confira a programação!

Está  imperdível a programação da IV Mostra de Dança XYZ! Olhem aqui a programação das apresentações e das atividades formativas! Acesse toda a programação em http://www.dancaxyz.com.br


Vai começar a IV MOSTRA DE DANÇA XYZ em Brasília-DF!

De 19 a 28 de fevereiro de 2016!

Com espetáculos, intervenções urbanas, performances, exposição, lançamento de site e atividades formativas e de intercâmbio.

As apresentações acontecerão na Galeria Athos Bulcão do anexo do Teatro Nacional e em diferentes espaços urbanos de Brasília.

Os workshops, seminário e residências terão espaço para participação de dançarinos, artistas de outras linguagens e público em geral.

Saiba mais:

A Mostra de Dança XYZ, chega à quarta edição no período de 19 a 28 de fevereiro de 2016, em Brasília-DF. A proposta é apresentar a grande amplitude do conceito de dança que existe dentro do rótulo “Dança Contemporânea”.


Criada em 2006, a mostra tem como o objetivo o fomento do mercado de dança de Brasília, valorizando e investindo na visibilidade da produção local, criando espaços de difusão dos trabalhos de dança contemporânea e promovendo a troca de ideias e de conhecimentos entre companhias e artistas convidados de outros estados do Brasil e a comunidade artística brasiliense.


Foi pensando nisso que a IV MOSTRA DE DANÇA XYZ incluiu em sua programação dez trabalhos de dança contemporânea, uma exposição com instalação coreográfica, um lançamento de site interativo e atividades formativas e de intercâmbio que incluem uma residência artística, dois workshops/residência, dois workshops de 3 horas, um seminário e um projeto de criação de texto analítico em dança. Serão nove dias com atrações vindas de vários estados do Brasil, como Piauí, Rio de Janeiro,São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Alagoas e claro, Distrito Federal.



CURADORIA

A curadoria desse ano programou trabalhos que se destacam por serem trabalhos mais performáticos. “Essa aproximação da dança com a performance se dá em vários níveis, para além da diluição das fronteiras entre as linguagens artísticas e o não enquadramento em categorizações fixas, ligadas ao conceito de performance” – explica Marconi Valadares, diretor e idealizador da Mostra. E continua: “Está longe, também, de certo hermetismo atribuído a tudo aquilo que foge do sistema de representação, tão disseminado e aceito pela cultura de massa e do entretenimento”.

Segundo o curador, há nos trabalhos escolhidos para a mostra uma atenção especial à produção de presença, com um interesse especial pelo real, pelo encontro com o outro, pela intensificação dos afetos, pela experiência com a duração do tempo e pela relação com o espaço diferenciado, “onde a pesquisa de linguagem tem, na relação com o público e na sensibilização para novas percepções da realidade e da arte, um posicionamento ético político estético”, diz.



PROGRAMAÇÃO


APRESENTACÕES



Dia 19.2 - sexta-feira
21h – Abertura da Mostra com a exposição ‘De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica’, lançamento de site interativo e performance inédita da Anti Status Quo Companhia de Dança( Brasília-DF) – Galeria Athos Bulcão


Dia 20.2 – sábado
12h – Árvore/plantação (intervenção urbana), de Clarice Lima (SP) – Setor Bancário Sul
21h – 3 Solos em 1 Tempo , de Denise Stutz (Rio de Janeiro-RJ) – Galeria Athos Bulcão


Dia 21.2 – domingo
20h – O Livro, de Margô Assis (Belo Horizonte-MG) – Galeria Athos Bulcão


Dia 22.2 – segunda-feira
De 9h às 20h – exposição ‘De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica’ da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF) – Galeria Athos Bulcão
12h30 – Sacolas na cabeça (intervenção urbana), da Anti Status Quo Companhia de Dança (DF) – Setor Comercial Sul


Dia 23.2 - terça-feira
De 9h às 20h – exposição ‘De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica’ da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF)– Galeria Athos Bulcão
17h – Parquear Bando (intervenção urbana), de Margô Assis e Thembi Rosa (Belo Horizonte-MG) – Setor Comercial Sul


Dia 24.2 – quarta-feira


De 9h às 20h – exposição ‘De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica’ da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF)– Galeria Athos Bulcão


Dia 25.2 - quinta-feira
De 9h às 20h – exposição ‘De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica’ da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF)– Galeria Athos Bulcão
17h – Politikus (performance), de Ary Coelho e Luisa Günther (Brasília-DF) – Plataforma entre o Conic e o Conjunto Nacional de Brasília


Dia 26.2 – sexta-feira
17h – Despacho (intervenção urbana), de Jorge Schutze (Maceió-AL) – Setor Comercial Sul
21h – Ao Caírem as Abas, de Aline Brasil e Anna Behatriz Azevêdo (Goiânia-GO) – Galeria Athos Bulcão


Dia 27.2 – sábado
21h – Mono, de Marcelo Evelin (Teresina-PI) – Galeria Athos Bulcão


Dia 28.2 - domingo
20h – espetáculo “De Carne e Concreto – Uma Instalação Coreográfica”, da Anti Status Quo Companhia de Dança (Brasília-DF) – Galeria Athos Bulcão



SERVIÇO


IV MOSTRA DE DANÇA XYZ


Data: de 19 a 28 de fevereiro de 2016
Local: Galeria Athos Bulcão (anexo do Teatro Nacional) e espaços urbanos de Brasília-DF.
Ingressos: ENTRADA FRANCA (mediante retirada de senhas, 30 minutos antes de cada apresentação)
*Conferir classificação indicativa dos espetáculos







Inscrições abertas para as ATIVIDADES FORMATIVAS E DE INTERCÂMBIO


Além das apresentações, a IV MOSTRA DE DANÇA XYZ realiza sete atividades formativas, de intercâmbio e troca de conhecimentos com inscrições gratuitas que incluem uma residência artística, dois workshops/residência, dois workshops de 3 horas, um seminário e um projeto de criação de texto analítico em dança!


NOVIDADE

A novidade desse ano é que a residência artística e os dois workshops residência desenvolverão trabalhos de autoria dos coreógrafos ministrantes com os participantes que culminarão em apresentações dentro da programação da Mostra.

O intuito dessas atividades é juntar pessoas de várias linguagens artísticas, diferentes experiências e profissões e até quem não tem qualquer experiência com a arte da dança para intervenções artísticas coletivas nas ruas de Brasília! Além de fazerem a atividade formativa, artistas locais de teatro, circo, artes visuais, de qualquer modalidade de dança, em formação, dançarinos profissionais ou não, e qualquer pessoa interessada, juntos, terão uma vivência artística inesquecível! Participe!


OPORTUNIDADE

Os workshops de 3 horas são indicados para dançarinos, atores e estudantes de artes e é uma incrível oportunidade de intercâmbio com artistas renomados da dança brasileira.
As inscrições já estão abertas, são gratuitas e feitas por email. É só você mandar seu nome, RG, idade, data de nascimento, endereço completo e contato telefônico para o email de inscrição da atividade escolhida. Importante: Confira se você poderá estar presente em todo o período de cada atividade.


CONVITE IMPORTANTE


Além disso, convidamos todos os profissionais da dança, bailarinos, coreógrafos, diretores de Companhias, pesquisadores, professores universitários e estudantes de dança para o Seminário “Modos de fazer dança contemporânea no Brasil”. A discussão proposta é importante para o intercâmbio de informações e fortalecimento de uma rede de pensamento e conhecimento que influencia projetos, perspectivas e ações políticas e interações dentro do “ecossistema” da dança.

Realizado com os convidados Marcelo Evelin (Teresina) e Marcos Villas (São Paulo), o seminário se propõe a traçar um panorama dos novos modos de produção e intercâmbio dos artistas da dança contemporânea no Brasil e sua relação com o mercado como ponto de partida para uma discussão, incluindo a participação do público. Como coletivos, redes, grupos e artistas independentes estão se organizando para se relacionarem com o mercado de dança no Brasil?



PROJETO TRÊS OLHARES E UMA DANÇA


O público da IV Mostra de Dança XYZ além de poder acompanhar a produção de textos analíticos de cada apresentação da programação da Mostra é convidado a produzir e publicar também! A ideia é a troca de ideias e impressões sobre cada trabalho, um exercício para o olhar e a escrita que busca multiplicar pensamentos sobre arte contemporânea e intensificar a reflexão a partir da experiência estética.


Três Olhares e uma dança tem o intuito de fomentar a criação e leitura de textos analíticos sobre dança. O projeto consiste na publicação, no site do festival (www.dançaxyz.com.br), de três textos analíticos sobre os trabalhos apresentados, sendo dois escritos por especialistas (o ator e diretor teatral João Antonio e o jornalista, escritor e diretor teatral Sergio Maggio) e um assinado por um espectador.


ATIVIDADES FORMATIVAS E DE INTERCÂMBIO

1 – Residência ÁRVORES
Ministrante: Clarice Lima
Carga horária: 9h
Período: de 18 a 20 de fevereiro

18/02 - Quinta-feira, de 10 às 14h. Local: Sala de Balé do Teatro Nacional

19/02 - Sexta-feira, de 10 às 14h. Local: Sala de Balé do Teatro Nacional

20/02 – Sábado, de 12 às 13h. Apresentação “Árvores/ Plantação”. Local: Setor Bancário Sul.


Inscrição: residenciaclaricelimamostraxyz@gmail.com


Realizar a performance Árvores a partir de um workshop com artistas locais surge enquanto desejo de ampliar a discussão sobre a permanência ao possibilitar deixar rastros não só na paisagem urbana da cidade mas também nos corpos dos bailarinos daquela região.

Dessa forma realizamos um workshop com artistas locais com o objetivo de prepará-los para realizar a performance bem como discutir a proposta e práticas de dança em espaços não convencionais.

A performance Árvores cria paisagens temporárias na cidade que se tornam mais efetivas a partir do contato com os seus habitantes. Trazer seus habitantes para dentro da performance é estimular um ambiente de troca entre a performance e a cidade, bem como criar e absorver novos significados dentro do contexto local.

Indicação de participantes e Pré-requisitos: através de uma convocatória aberta e gratuita, convidamos os bailarinos e demais interessados a participarem do workshop e da performance. O único pré-requisito é que eles saibam fazer parada de cabeça (parada de três apoios).


2 - Workshop/ residência: PARQUEAR BANDO (2016)- DANÇA MULTIPLEX + CONVIDADOS
Ministrante: Margô Assis e Thembi Rosa
Carga horária: 9h
Período: De 20 a 23 de fevereiro

20/02 - Sábado de 17 as 19h Local: Galeria Athos Bulcão ( Via N2 Anexo do teatro Nacional)

22/02 - Segunda-feira de 17 as 19h

23/02 - Terça-feira às 17h Apresentação “Parquear Bando” Local: Setor Comercial Sul

Inscrição: workshopmargoassismostraxyz@gmail.com

Parquear é uma intervenção urbana em áreas verdes e concretas das cidades, realizada desde 2011 pelo Dança Mulitplex (Margô Assis, Renata Ferreira e Thembi Rosa), além das convidadas Kênia Dias, Karina Collaço, Heloisa Domingues e Dorothé Depeauw.

Parquear Bando irá expandir essa proposta de intervenção, com uma chamada aberta para interessados em praticar esse corpo coletivo, experimentando a utilização dos bambus como um dispositivo para a desaceleração, equilíbrio e composição. Uma coreografia nômade, múltipla, um itinerário conectando um ponto qualquer com outro ponto qualquer.


3- Workshop/ Residência: INTERVENÇÕES URBANAS e SACOLAS NA CABEÇA
Ministrante: Luciana Lara - DF
Carga horária 5 horas e 30 minutos
Período: De 21 a 22 de fevereiro

21/02 – domingo, de 15 às 18h - Local: Galeria Athos Bulcão (Via N2, Anexo do Teatro Nacional)

22/02 - segunda-feira, de 11h às 13h30, com realização da intervenção às 12h30 - Local: Setor Comercial Sul

Inscrições: workshoplucianalaramostraxyz@gmail.com

O participante entrará e contato com as noções teóricas e práticas que permeiam os trabalhos de intervenção urbana desenvolvidos pela Anti Status Quo Companhia de Dança em oito anos de pesquisa neste campo de atuação artística. O conteúdo do workshop abarcará introdução a arte contextual / estudo do contexto, mapeamento e percepção do espaço urbano/ descrição etnográfica, arte relacional, a realidade, a ficção e a intenção, corpo como ponto focal, o dado e o perceptível, os donos da rua, fluxos e aparelho urbano, o ato de integrar e destacar, figura e fundo e composição coletiva.

O workshop/residência culmina na realização da intervenção urbana “Sacolas na Cabeça” que será realizada dentro da programação da IV Mostra de Dança XYZ, no dia a 22 de fevereiro – segunda-feira, de 12h30 às 13h30, no Setor Comercial Sul. A proposta é proporcionar uma experiência artística coletiva em espaço urbano, modificadora da percepção e dos afetos.

Indicação de público: Qualquer pessoa interessada em conhecer intervenções urbanas, ou ação artística urbana pensada por artistas da dança contemporânea que não necessariamente tem ligação prévia com as artes. E também estudantes de teatro, dança e performance, artistas de outras linguagens , bailarinos, atores e performers profissionais. A ideia é justamente promover o encontro de especialistas na área e pessoas amantes das artes e interessadas para uma vivência coletiva.

Quantidade de vagas: ilimitada

Pré-requisitos: Maiores de 18 anos, com disponibilidade para participar de toda a carga horária do workshop/residência e da realização da intervenção urbana “Sacolas na Cabeça“, junto dos bailarinos da Anti Status Quo Companhia de Dança, que acontecerá dentro da programação da IV Mostra de Dança XYZ ,no dia a 22 de fevereiro – segunda-feira de 12:30 às 13:30 no Setor Comercial Sul.

4- Workshop: CORPO PRESENTE
Ministrante: Denise Stutz - DF
Carga horária 3 horas
Data: 21/02 – domingo, de 10 às 13h - Local: Galeria Athos Bulcao

Inscrições: workshopdenisestutzmostraxyz@gmail.com

5- Workshop: MATERIA E ENERGIA
Ministrante: Marcelo Evelin - PI
Carga horária 3 horas

Data: 28/02 - domingo de 10 às 13h - Local: Galeria Athos Bulcao
Inscrições: workshopmarceloevelinmostraxyz@gmail.com

6- Seminário MODOS DE FAZER DANÇA CONTEMPORÂNEA NO BRASIL
Convidados:

Marcelo Evelin – PI
Marcos Villas – SP
Data: 28/02 – domingo, de 15h às 18h – Local: Galeria Athos Bulcão (Via N2- Anexo do teatro Nacional)
Inscrição momentos antes do início e no local.

O Seminário - Traçar um panorama, a partir da experiência profissional dos convidados, sobre novos modos de produção e intercâmbio dos artistas da dança contemporânea no Brasil e sua relação com o mercado como ponto de partida para uma discussão incluindo a participação do público. Como coletivos, redes, grupos e artistas independentes estão se organizando para se relacionar com o mercado de dança no Brasil?

Marcos Villas é pós-graduado em Curadoria em arte (Senac SP), Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC SP), graduado em Linguística (USP) e Filosofia (FAI). Trabalha no SESC SP desde 1998, com concepção, curadoria, coordenação e produção de projetos em dança entre eles Modos de Existir (2012-15), Ocupação Dança (2012-15), Primeiro Passo (2009-11), Corpoinstalação (2006-09). Participou da curadoria da Bienal SESC de Dança (2007/09/11/13/15) e da Mostra SESC de Artes (2008). Tem participado como curador do Circuito Vozes do Corpo (2012-15), em parceria com a Cia. Sansacroma. Foi agraciado com o prêmio APCA 2014 na categoria Projetos de Dança.

Marcelo Evelin é coreógrafo, pesquisador e intérprete. Desde 1986 tem colaborado com profissionais de variadas linguagens em projetos em vários países da Europa, Estados Unidos, África, Japão, América do Sul envolvendo dança, teatro físico, musica, vídeo, instalação e ocupação de espaços específicos. É criador independente com sua Companhia Demolition Inc., e ensina na Escola Superior de Mímica de Amsterdam - Holanda, onde orienta processos criativos. Retornou para o Brasil em 2006 e implantou em Teresina, no Piauí, o Núcleo do Dirceu, um coletivo de artistas independentes e plataforma de pesquisa e desenvolvimento para as Artes Performáticas Contemporâneas. Seus dois últimos espetáculos, “Matadouro” (2010), e “de repente fica tudo preto de gente” (2012) estão sendo apresentados atualmente em importantes festivais e teatros no Brasil e exterior.


TRÊS OLHARES E UMA DANÇA

Projeto de fomento à criação de textos analíticos para dança

O projeto consiste na publicação no site do festival (www.dancaxyz.com.br) de três textos analíticos sobre os trabalhos apresentados, sendo dois escritos por especialistas e um por membros do público. Os especialistas convidados são o professor emérito da UnB, ator e diretor teatral João Antonio Esteves e o jornalista, escritor e diretor teatral Sergio Maggio.


Participação do público:

Mande um email para mostradedancaxyz@gmail.com com Três Olhares e Uma Dança no assunto. No corpo do email envie seu nome completo, um parágrafo sobre você, contato telefônico e em anexo, de preferência um arquivo Word, um texto sobre qualquer trabalho artístico que tenha assistido durante a Mostra. Não se esqueça de colocar o nome do trabalho e o dia que você assistiu!


SERVIÇO


ATIVIDADES FORMATIVAS E DE INTERCÂMBIO DA IV MOSTRA DE DANÇA XYZ


De 18 a 28 de fevereiro de 2016 em Brasília-DF
Locais: * Verificar o local de cada atividade
Galeria Athos Bulcão (Anexo doTeatro Nacional, acesso via N2)
Sala de Balé do Teatro Nacional (Anexo doTeatro Nacional, acesso via N2)

Apresentações da residência artística e workshops residência: Setor Comercial Sul e Setor Bancário sul * ponto de encontro será divulgado no dia da apresentação.

Inscrições gratuitas:mediante envio de email para cada atividade
formativa.


Mais informações: www.dancaxyz.com.br






Nenhum comentário:

Postar um comentário